Móveis planejados: 5 dicas para escolher certo e não arriscar seu dinheiro na hora da compra.

Gaveta desregulada, porta torta, puxador caindo, borda descolando, eletrodomésticos que não cabem no seu ambiente, objetos que chegam quebrados ou dificuldades na montagem. Esses são alguns dos problemas de quem compra móveis planejados sem pensar na qualidade. Veja alguns tópicos que precisam ser levados em consideração para evitar frustrações no futuro.

 

1- A escolha do profissional ou da loja
Pode parecer óbvio, mas não é. Tem muita gente que opta por uma solução caseira ou uma pessoa que trabalha no "fundo do quintal" e acaba tendo a maior dor de cabeça. Então, primeiramente, é preciso escolher o profissional especializado que vai te auxiliar, pois é ele que vai esclarecer suas dúvidas e orientar sobre diferenças de materiais e acabamentos. Procure buscar referências com clientes que já foram atendidos por esse profissional e o que dizem sobre ele. Questione e observe se ele sabe a resposta na "ponta da língua", pois um profissional precisa estar preparado para saber o que indicar aos seus clientes. Precisa ser alguém competente para poder te passar as informações necessárias, que vão garantir os detalhes do produto e uma maior vida útil dos seus armários.

2- A qualidade dos produtos
Além de uma empresa especializada com profissionais qualificados, levantar informações sobre a qualidade do material é fundamental. Entre as perguntas que você deve fazer estão se o material respeita as normas técnicas e se o produto tem garantia. 

3- Escolha dos painéis
Uma das dúvidas mais frequentes é qual o material dos painéis: se o ideal é o MDF (fibras de madeira) ou MDP (madeira em camadas). A resposta é: depende da sua utilização. Enquanto o MDP é melhor utilizado para portas, o MDF é melhor para fixação da caixaria, por exemplo. Com isso, projetos que utilizem os dois são, na maioria dos casos, o ideal. Além disso, existem no mercado diferentes qualidades de MDP e MDF, por isso escolher uma empresa que lhe ofereça garantia e procedência é a forma mais segura que o cliente pode ter no momento da compra.

4- Profundidade dos armários
Em relação à profundidade dos armários, é interessante primeiramente considerar os tamanhos dos eletros e eletrônicos ou objetos que serão guardados ali. Com isso, será possível escolher um tamanho que garanta a funcionalidade do móvel e atender à necessidade da família. Novamente a ajuda de um design de interiores é uma boa pedida.

5- Não faça você mesmo
Outra fonte de problemas é quando a pessoa opta por comprar móveis soltos e ela mesma montar os armários ou decorar o ambiente. A menos que seu talento para o design e arquitetura seja elevado, recorra a uma loja de móveis planejados, que vai preparar o projeto, cuidar da montagem e até dar dicas de decoração e iluminação. Vale a pena o investimento. A parte de serviços também é fundamental para a montagem ser rápida e não virar um transtorno na vida dos donos da casa. Opções de compra de móveis desmontados costumam ser um risco.

Da sua maneira, na sua medida

Motivos para escolher a projeto moveis

Projetos Editávies

Oferecemos customização verdadeira

Pensando em Você

Ambientes que levam em consideração a circulação e seus equipamentos

Respeitando as Diferenças

Variedades dos materiais fletindo a personalidade dos seus ocupantes

Agilidade

Metodologia e produção automatizada

O QUE FAZ A EXCELÊNCIA DA PROJETO MÓVEIS ?

+
Clientes de sucesso
+
Contatos recebidos pelos clientes
%
Dos clientes nos recomendam

DADOS PARA ORÇAMENTO

Blog

Acompanhe nossas novidades

VER TODAS NOTÍCIAS